Volte ao SPIN
SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74

terça-feira, 28 de julho de 2015

Vi uma obra pronta no caminho da Justiça

Estou muito com sono ...depois comento..mas é o amigo do Carlos de Brandão..lá de Mossâmedes



Estou muito com sono ...depois 

No face com o seguinte adendo:

O belo no caminho Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT)​
ixi entrou o nome da feiura....
A beleza no caminho da justiça...


sexta-feira, 30 de maio de 2014

A manga autoritária

A manga madura que insiste em não cair
Imagine só vc atirando mangas verdes contra as mangas maduras para derrubá-las
E saboreá-las
Várias mangas vem ao chão, exceto uma
Exceto aquela que, por ser a mais apetitosa, que derrubar para seu amigo ao lado
Mas a manga não cai
Várias mangas verdes atingem o alvo mas a manga não cai
De repente cai mas, ao cair, toma a forma de outro objeto: Um manga de vidro
Um pote de vidro
Um pote enforcado amarrado no pescoço
Um objeto
Foi esta uma das revelações de sonho desta noite

segunda-feira, 10 de março de 2014

Agora me lembro: Olha a vida! Ou: Olha Pietá!


s....
sim,,,agora me lembro
olha a vida!
e pensei que era a morte e não era
era a vida!
a morte como presente para aqueles que estão sofrendo
e a vida eterna obrigatória para os infelizes
ela foi feliz até os últimos instantes da sua vida
olha a vida
Agora me lembro: Olha a vida! Ou: Olha Pietá!
nós realizamos a última obra em seus últimos instantes


.. P.S.. s... ~ não confunda isso com o s da nazi não ao perfercionismo,..até o Papa Francisco já declarou-se imperfeito e ter roubado uma cruz de um porto e se até ele abriu mão do perfeccionismo absoluto(leia-se infalibilidade papal) pq não também vc caia do pedestal rei imundo aliás já caiu e não sabe continua em sua vã ilusão cure-se da sua obesidade do ego ego ou olho ou ser tanto faz não a obesidade materia mas a espiritual...;; vc mesmo que jacta-se de dono da verdade

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

O transporte de Bruno para a necrópole de Marte

Qual o nome dele: Bruno Nascimento Teixeira, 16 anos.

Pois vcs estão redondamente enganados: Estes que aplaudiram a morte do jovem Bruno, 16 anos, aquele que num sonho o vi perguntando aos jornais que discutissem o nacionalismo quando uma voz lá do infinito gritou: FOI A MÁQUINA!

Pois não pensem que isso não não será comunicado a ouroboros, aquela que tem poder de vida e morte

Não pensem que vcs podem continuar alegando que não sabem e que por isso podem ser perdoados, como não sabem,....

Pois saibam que Bruno não era apenas o que vcs viram por fora na hora da morte, ele era um grande personagem, ele deixou sua história de afetos e por isso terá seu nome transportado para a necrópole de marte, eu Caronte, faço isso





RECOMENDAÇÃO IMPORTANTE:

As imagens são repugnantes, não recomendáveis, mas foi isso, um rapaz me chamou para ver o video no faceboook e não acreditei no que vi: Enquanto o jovem morria as pessoas comemoravam, ele banhou-se de vermelho, era a vida

Olha a vida!

Retirei o post daqui, quem tiver coragem que veja na Necrópole de Marte, e procure o link, não vou fornecer aqui também, pois se trata de uma janela para uma coisa a traduzir:  O que levou as pessoas a este estágio tão primitivo que as torna semelhantes a bestas humanas

Do spin retificador

Onde está escrito nacionalismo leia-se nacional sacionalismo, ops, sensacionalismo,,,não sei,,estas coisas me deixaram em branco, nesta noite meu coração quase parou, aliás, posso até morrer por causa dessas coisas que vi ontem, como tem primatas por ai, eh sobre o nacional socialismo que o jovem de 16 anos queria que o jornal discutisse

Do spin ateu

Quantos ateus aplaudiram  a morte do jovem Bruno, 16 anos
Com certeza nenhum: Todos era eram crentes!
Sim, crentes em algum deus mas não na vida
Ai dormi depois de cruzar tantas vezes com a morte
E vi um acidente de trânsito no qual envolvi-me
E o carro era emprestado e, no fundo no fundo, não quis providenciar o conserto por entender falta de culpa
Procura-se um bode expiatório: Foi vc..,,,,,não...foi....
Nesse interim tempo de tensão aquele que deveria estar pressionando cobrando nem saiu de dentro do carro
E fez bem pois, enquanto isso, esfriei a cabeça e resolvi pagar o que devia: O carro foi enviado ao conserto
E feliz da conta apesar de tudo $
Paga o que deve sua salafrária, não passas de uma pessoa jurídica como outra qualquer, sem essa de ameaçar as pessoas com  o fogo do inferno, um poder que não tens
Vai vazando

É preciso não ter medo de ir para o inferno: instituições religiosas devem perder isenção
, no Luis Nassif Online:
Em que pese todos os desafios da vida social, a esperança é uma daquelas coisas que nos fazem olhar para frente. Mas isso nem sempre é assim quando a esperança não passa do Deus proverá! Aqui eu não falo de religião boa ou ruim, eu falo sobre o fato de até hoje os templos continuarem livres de tarifação.
A força da bancada evangélica não pode ser tão grande assim para impedir que isso seja votado e aprovado. Não se trata de punir as igrejas, trata-se do lógico. Os templos e pastores estão enriquecendo e se multiplicando, o que mostra que a fé ainda mantém a sua parcela mercantilista que a caracteriza desde a idade média, as tais indulgências. Não pode ser crível que uma instituição empresarial como a IURD não deva pagar tributos, ou mesmo que aquela do senhor de chapéu de cowboy fique isenta do fisco.
Óbvio, deve haver limitações, afinal, não é todo mundo que abre uma igreja que fica rico. Das outras religiões nem se pode falar, afinal, não há caso parecido em outros credos em que os líderes ficaram tão ricos ou mais do que líderes do segmento protestante; mas é claro, se o ficarem acima de um teto a ser definido, que paguem também. Assim, por que não tributar? É preciso perder o medo de queimar no inferno, de ser conjurado pelas bocas de Felicianos, Malafaias e Waldomiros da vida ao fogo eterno do sem sombra.
Às vezes, penso que a resposta só pode ser uma, o restante da bancada parlamentar ainda pensa como os vivos na idade média: na dúvida, é melhor isentar.
Leia mais:

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Pesquisadora brasileira investiga efeito de agrotóxicos em abelhas

Um terço de tudo que se come no mundo depende da polinização realizada pelas abelhas. É o que mostram dados da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO/ONU), que aponta as abelhas como agentes fundamentais na promoção da segurança alimentar e, de outro lado, destaca a preocupação com as evidências da diminuição da população desses polinizadores. Uma das causas dessa diminuição é o uso de pesticidas nas plantações.

A professora Roberta Nocelli, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Campus Araras, pesquisa a influência dos defensivos agrícolas sobre as abelhas e o consequente impacto na produção de alimentos. Um dos objetivos do trabalho é o mapeamento dos apiários em todo o território brasileiro visando compreender a interação entre apicultores e agricultores e promover o cultivo saudável de abelhas e alimentos.

O Brasil é o país com a maior diversidade de abelhas, com mais de duas mil espécies nativas já descritas. É, portanto, um importante espaço para pesquisar o impacto dos agrotóxicos nas abelhas e os consequentes efeitos nos serviços que elas prestam. Nocelli explica que a contaminação das abelhas pelos defensivos agrícolas ocorre basicamente de duas formas: pelo contato direto, enquanto as abelhas voam entre as partículas de defensivos; e pela ingestão de pólen e néctar das flores contaminadas. A segunda forma é a mais nociva para os insetos, pois as moléculas são levadas para dentro das colônias, contaminando todas as abelhas.
Os estudos investigam as interações das substâncias presentes nos agrotóxicos em vários órgãos das abelhas, como, por exemplo, no cérebro desses animais. Um dos efeitos observados é a perda da orientação, o que faz com que muitas abelhas não retornem às colmeias e morram. "A partir do momento em que entendemos os efeitos de cada substância utilizada nas plantações, podemos orientar os fabricantes dos defensivos para a utilização de moléculas menos tóxicas para as abelhas, e também para formas de aplicação menos danosas.

Nocelli integra uma rede de pesquisa formada por pesquisadores dos campi Araras e Sorocaba da UFSCar e da Unesp de Rio Claro, que desde os anos 1970 estuda a ecotoxicologia de abelhas. O grupo tem participado ativamente na construção da Iniciativa Internacional para a Conservação e Uso Sustentável de Polinizadores, coordenada pela FAO, e de outras iniciativas internacionais relacionadas ao conhecimento sobre os efeitos dos pesticidas sobre os polinizadores e alternativas de proteção desses insetos, manutenção da biodiversidade e da segurança alimentar.

Nocelli pretende também criar uma central de acidentes com abelhas, para que produtores que tiverem notícias de mortes de abelhas possam relatar os episódios e, assim, contribuir para o monitoramento. Por enquanto, quem quiser oferecer informações pode entrar em contato com a pesquisadora através dos telefones (19) 3593–2595 ou (19) 99884–4530, ou pelo emailroberta@cca.ufscar.br.

Com informações da UFScar.

Meu comentário

É sobre o fim do rolezinho das abelhas
Olha a Morte ou: Rolezinho número 6.



Leia mais

sábado, 25 de janeiro de 2014

Ideia Atento aos Sinais ou: Quem matou Jesus ou Jean ou: FOI O VENENO!

Bom dia amigos e amigas, hoje são 4 de Marte do ano 3.000.000.014 4
E 4 quer dizer bode quer dizer baderna ou confusão ou contradicção ou nós a serem desatados.
Nós ou doenças ou crimes, tanto faz
( ) Não à homofobia, sim à compreensão.
Compreensão ou tradução, tanto faz
Bom é o perdão que surge da tradução compreensão

 

    Nós precisamos é de tradução e não de repressão e, para traduzir, é preciso chegar perto

    Engraçado, ao enviar este post para algumas pessoas, dentre elas o Papa Francisco, apareceu a Captcha abaixo cuja tradução diz que "A Coisa Odiaria".


    E falando em captcha, agora me lembro que dias atrás surgiu a Captcha Judas, eu heim, mas nada a ver acreditar nestas coisas, isso é enganação da máquina para atingir o Deus Ex Machina, até mesmo pq não foram judeus e sim soldados romanos que mataram Jesus depois de ter enterrado a morte na nascente do Rio Jordão repleta de tubérculos alho e, logo mais abaixo no lado esquerdo da margem deram para ele(Jesus) uma criança morta como presente. Este sim os traidores e não Judas, este fez parte da história enquanto representação, já os soldados romanos foram cruéis. 

    Ah, já não lembrava mais onde havia postado a Captcha Judas, tá aqui, no Dia 34, procure com atenção que vc acha

    P.S.- No momento uma voz no infinito, assim como se fosse e é minha tua nossa mãe ouroborus grita: FOI O ÓDIO!!!
    Compreendo, dias atrás, se referindo ao holocausto, disse: FOI A MÁQUINA
    E para se traduzir a morte causado por homofobia misoginia racismo, disse: FOI O VENENO!!!
    E veneno se escreve veneno ódio
    Tem razão: FOI O VENENO!

    O veneno britânico, completa a máquina:



    Errata: A máquina informa que onde está escrito Ecdirom pode ser Ecrom:

    Ecrom

    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
    A cidade de Ecrom (Hebraicoעֶקְרוֹן, (Eqron), também conhecido como Ekron, foi uma das cinco cidades filisteias no sudoeste Canaã. Era uma cidade na divisa da fronteira entre a Filístia e oReino de Judá num local (agora Tel Mikne) perto da pequena vila de Akir. Encontra-se a 35 km a sudoeste de Jerusalém, e 18 quilómetros ao norte da cidade de Gath, na divisa da planície ocidental (litoral). As escavações realizadas no período de 1981 - 1996, fizeram de Ecrom um dos melhores locais filisteus já documentados.
    Ecrom foi uma região indígena de Canaã. A cidade cananeia tinha quase desaparecido num incêndio no século XIII a.C., mas foi reconstruída por filisteus no começo da idade do ferro, por volta dos anos 1200 a.C..
    Ecrom é mencionada livro de Josué capítulo 13, versículo 3:
    "(desde o braço do Nilo, que está defronte do Egito, e para cima até a fronteira de Ecrom, ao norte, costumava ser considerada como pertencente aos cananeus); cinco senhores do eixo dos filisteus: os gazitas e os asdoditas, os ascalonitas, os geteus e os ecronitas; e os avins. ."
    Josué 3:13 relata Ecrom como uma cidade na fronteira dos filisteus e uma das cinco maiores cidades filistéias, e Josué 15:11 menciona como uma das cidades satélites e as vilas de Ecrom. A cidade foi concedida mais tarde à tribo de Dã (Josué 19:43), mais tarde porém, veio a ser novamente dos filisteus. Foi o último lugar para onde os filisteus teriam levado a arca da aliança quando a roubaram de Israel. A presença da Arca teria provocado "uma confusão mortífera" nesta cidade, de modo que a Arca foi finalmente devolvida aos judeus. (I Samuel 5:10; 6:1 - 8,16, 17).
    Havia ali um grande santuário de Baal. O ídolo de Baal que foi adorado era chamado Baal-Zebube (Dono das Moscas) ou 'Belzebu: (II Reis 1:2):
    "Então caiu Acazias pela gelosia do seu quarto de terraço, que estava em Samaria, e adoeceu. Enviou, pois, mensageiros e disse-lhes: "Ide, consultai a Baal-Zebubedeus de Ecrom, sobre se eu reviverei desta doença."
    As fontes não hebraicas também fazem referências a Ecrom. Uma colheita de Ecrom 712 a.C. é descrita por Sargão II da Assíria em relevos da parede de seu palácio em Khorsabad, que nomeia a cidade.
    Em 1996 foi descoberto a inscrição de Tel Mikné com o nome da cidade filisteia de Ecrom e uma lista de seus reis. As escavações no complexo do famoso templo, no imenso palácio de Senaqueribe, recuperaram artefatos significativos para a arqueologia bíblica, incluindo uma inscrição dedicada ao "rei" de Ecrom 'Akish. A inscrição identifica claramente o local, e mostra a genealogia real, na ordem: dos pais aos filhos: Ya'ir, Ada, Yasid, Padi, 'Akish.
    Ashdod e Ecrom sobreviveram e transformaram-se em cidade-estados poderosas dominadas pela Assíria no século VII a.C.. A cidade pode ter sido destruída pelo rei de BabilóniaNabucodonosor II por volta de 603 a.C., segundo a descrição de I Macabeus 10:89.

    Ligações externas[editar | editar código-fonte]

    Ver também[editar | editar código-fonte]

    Referências[editar | editar código-fonte]

    • Demsky, Aaron. "The Name of the Goddess of Ekron: A New Reading," Journal of the Ancient Near Eastern Society vol. 25 (1997) pp. 1–5
    • Schoville, Keith; Stone Campbell Journal, Vol. 4, No. 1
    Onde está escrito Jesus leia-se Jean Charles:


    Brasileiro confundido com terrorista é morto em Londres
    Reuters
    Jean Charles de Menezes trabalhava como eletricista em Londres
    Jean Charles de Menezes trabalhava como eletricista em Londres
    No dia 22 de julho, o eletricista brasileiro Jean Charles de Menezes, 27 anos, morreu com oito tiros - sete na cabeça e um no ombro - disparados por agentes vestidos à paisana na estação de metrô de Stockwell, em Londres. Jean foi confundido com um terrorista suicida, um dia depois de atentados frustrados.







  • Brasileiro é morto por engano e polícia pede desculpasEm 21 de julho, terroristas tentaram detonar bombas em três trens do metrô e em um ônibus na capital britânica, mas, segundo a polícia, apenas os detonadores explodiram, sem causar grandes estragos. Os incidentes começaram por volta das 12h30, hora local, com bombas nas estações de Warren Street, no centro de Londres, Sheperd's Bush, no oeste, Oval, no sul e em um ônibus em Shoreditch, leste da capital.
    A morte de Jean causou indignação no mundo inteiro, principalmente entre os brasileiros. A princípio, a polícia informou que o brasileiro morrera porque não havia atendido a pedidos para que parasse e que havia fugido de policiais à paisana. Também foi dito que o brasileiro estava usando uma jaqueta em pleno verão, em que poderia ser escondida uma bomba. Porém, novos fatos derrubaram a versão da polícia.
    Jean Charles foi enterrado em Gonzaga (MG), sua cidade natal, em 29 de julho. Coberto com as bandeiras do Brasil e de Minas, o caixão com o corpo de Jean foi velado pela família, pelos amigos e por milhares de pessoas. Em Londres, foi celebrada uma missa em sua memória. A morte do brasileiro e a atuação do comissário-chefe da Scotland Yard, Ian Blair, ficaram sob responsabilidade de uma comissão independente.
     
  • Redação Terra



    P.S. - Essa notícia foi guardada no Dia 4 data de hoje no calendário D, sendo que se houver um próximo post, o mesmo será guardado no dia 5 e assim sucessivamente, havendo um teto máximo de 70 x 70 = 4.900 postagens por dia, bem como não havendo qualquer obrigação de publicar qualquer coisa mas que faz pq gosta. Amanhã o mesmo processo se repete, como se vê, a partir do dia 5.

    sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

    Ideia Sem Matéria


    Todos os deuses, quem é esse deus

    Ideia Se, Matéria Eu quis dizer Ideia Sem Matéria Ou se... Tanto faz

    Todos os personagens***, que personagem é esse mesmo ou: Todos os deus, que deus é esse:

    Ideia Sem Matéria

    Deu no Yahoo:

    Vídeo mostra como lava derrete alumínio

    Notar como funcionam as forças da natureza é sempre interessante. Pensando assim, o cinegrafista Bryan Lowry usou uma Nikon D800 e uma GoPro Hero 2 para mostrar o que a lava faz com uma latinha de alumínio.

    O resultado é, além de muito bonito visualmente, surpreendente pela velocidade com a qual acontece. E ainda não polui a natureza, já que o alumínio a 1200ºC derrete completamente e não deixa rastros.
    Assista ao vídeo:


    *** Todos os personagens ou matéria ou deus ou...

    P.S- Aqui a última matéria do dia 4

    P.S.- Foi publicado no Facebook com o seguinte adendo:

    Fazer esta obra, quer dizer, dar continuidade a ela, está sendo um drama tamanha a instabilidade do ambiente real virtual é que, forças poderosas estão atacando-a no sentido de destui-la não sei pq alguém poderia me informar o  motivo de terem adotado esta obra como alvo desses sósias do capeta

    quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

    Um presente do mar para Deus Ex Machina: Um desenho!










    Depois falo sobre isso mas foi dias atrás em São Luiz..,,,.. ah qual o nome do rio que banha esta cidade,...não faz o menor sentido nos remetermos à antiga realidade, não existe essa coisa de Maranhão ou Goiás ou SP ou RJ que na verdade se tornaram, todas estas instâncias de governo, um antro de desmandos pq não fiscalizados por essa mídia escravocrata que sempre os apoiou e agora dá uma de Joãozinho Sem Braço....Ah como são hipócritas, estes governadores aliados da grande mídia indicam os próprios conselheiros que os fiscalizarão, o MP é aliado...ah,...mas o que tem mesmo a ver este assunto com esta obra...ah,..não sei,...o coração...ah vou guardar isso no dia 4

    P.S. - Mandei pro facebook com o seguinte palavreado:

    Não sei se estou mandando de novo este post e, para saber se trata de coisa já enviada, eu teria que visitar a linha do tempo timeline do facebook mas não vou fazer isso não e tá bom demais assim de longe no tempo em si postando aqui dos dias do calendário

    terça-feira, 21 de janeiro de 2014

    Distração DDDDDDDDDDDDDDDDDD

    Que loucura, por um triz não destruí esta obra Eu havia esquecido de tudo Deu branco e, por acaso, comecei a apagar tudo o que escrevei ou olhai ou sejais Sentença: Tudo o que for construído deve ser destruído Não foi dito pode, não há possibilidade e sim determinação: Morte às coisas terminadas Por isso essa obra não pode ser dada como concluída pois, declarara isso, é destruir o mundo E o que é a arte D senão o registro das coisas que se lhes apresenta, assim como neste momentum quando, de olhos fechados para ver, ele(D) viu um objeto bem na frente do seu rosto: Era um 8 Um 8 formado por duas folhas em forma de coração ligadas por um cordão em forma de círculo Um momento, vou ver se dou visualidade a isso Ah, mais tarde, no momento são 5:41, como sair por aí à procura de folhas




    domingo, 19 de janeiro de 2014

    quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

    A ideia por trás de spin: i



    Forma 4: Phelix destrui tudo todo o poder ao seu redor
    Ele imaginou decretou que sua maldade estava perfeita: Acabada
    Humm..,,,,presente mas ausente quando poderia ser aysebte nas presente
    Mariana Marcassa ausente mas presente: Perto. Abolicionista
    Phaulo Byron: Perto mas longe. Escravocrata
    O não estar não é uma questão de estar perto ou longe mas de pensamento
    E vc PPPPPPedro(a) com sua eterna ilusão do ego que o faz um vizinho distante apesar de fisicamente perto: Como vai sua terna ilusão ou inflação ou obesidade, tanto faz
    O título deste post poderia ser: A idéia por trás de spin: 4
    Isso
    Este é o quarto post desta noite dia ou dia noite, tanto faz

    domingo, 11 de agosto de 2013

    Spin Will, Curador da consciência da arte em Spin José


    • Hoje
    • Will Goya

      Boa tarde, José!
    • José Carlos Lima

      boa tarde, está caindo a conexão
    • José Carlos Lima

      Eu havia postado isso como comentário ao video sobre Nise Silveira mas depois fiquei em dúvida se era isso mesmo e acabei removendo, vou ver depois..,,quer dizer rever o video,....Pintar, por si só, é terapêutico...Esta frase foi suficiente para não me interessar muito pelo vídeo, talvez pq não creia na arteterapia, a arte não cura, no máximo transforma em águia aquele que entra em estado de arte, quando brotam objetos de arte, nada mais do que uma forma de relatar, às vezes o objeto de arte é jogado fora pq os gestores, aqueles que cuidam da arte lá em Sambaiba-Rio Balsas, não conseguem guardar perceber nada, tanto que os potes de Dona Perpétua viraram pó. Ao assistir ao vídeo noto que é um erro essa resistência contra isso ou aquilo, temos que ver tudo, e noto que há no vídeo coisas interessantes, como por exemplo dá prá ver como o Poder Curador da cidade-estado cuidava dos loucos até pouco tempo atrás, quando existiam os sanatórios, eu mesmo visitei um, o Adauto Botelho, onde as pessoas ficavam presas por anos e anos. Ao assistir ao documentário pela 2a. vez, me lembrei que dias atrás encontrei uma pessoa na rua que, se existisse o Adauto Botelho, ele estaria internado lá, ele contava histórias a sós, ele relatava sobre suas viagens e o conteúdo era, ora espiritual, ora sexual, ora material social labor, difícil saber o que se passa na cabeça de uma pessoa dessa, ele, morador de rua, mas avesso a dinheiro, gravei uma conversa com ele não sei onde está, tenho que ver se encontro o cartão de memória, afinal de contas aqui em casa no momento é o espaço da confusão, tudo misturado, espaço 1, 2 e 3 num bolo só de forma que nunca tenho em mãos as coisas do 1(espiritualidade), e as pessoas, como será que se organizam Dr. Wiil Will Goya
    • José Carlos Lima

      Nesta noite sonhei com uma obra de arte. O título era O Livro de Célia. Tratava-se de um livro de capa dura, de folhas com pauta, onde Célia havia anotado os processos, encerrado o livro ela jogou fora mas vi recolhi como arte,,..e, ainda no sonho, questionei-me quanto a autoria: Seria Célia a autora ou eu que me apropriei-me? Eu claro, pois para Célia aquilo não era arte, tanto que foi jogado no lixo.
    • José Carlos Lima

      Dr. Will, esquenta não,,,estou usando este espaço para escrever algumas coisas,,,não precisa responder,,,aliás,,,na realidade spin os médicos raramente abrem a boca, só mesmo quando isso é necessário,,,por isso não creio na arteterapia: Os arterapeutas falam muito, e ao falar, terminam boicotando direcionando a pessoa,,,ah, mas também não sei...só vendo,,,,só experimentando,,sou é contra essa coisa de dar papel e tinta para o louco pintar no sanatório: E se o forte dele for a escrita?
    • José Carlos Lima

      Ah, mas estou indo para o MA,,,com uma dúvida: O show do spin cantor será no proximo dia 5 de setembro,,,e a passagem do spin cantor pela cidade sempre foi uma oportunidade para entrar em estado de arte,,,e desembuchar,,,sair do estado carrancudo...mas como não estarei aqui o que fazer senão fazer coisas no Maranhão e enviar pelo ônibus, uma vez que o Sedex é caríssimo....vou ver como resolvo isso...quero entregar umas coisas para o Ney mas não vou estar aqui,,,também nem preciso tanto ver o show novamente pois já o vi em Brasilia quando levei vários objetos de arte que brotaram do processo,,ocorre que na viagem desmanchei as obras por achar tudo muito esquisito,,hoje me arrrependo pois eu deveria ter entregue como se encontravam,,hoje mesmo vi uma postada no dia 4 do calendário spin.....vou buscar o link
    • Will Goya

      Concordo inteiramente com você, José. Só quis lhe mostrar a grandeza que foi a Dra. Nise da Silveira, que foi uma das mais importantes discípulas de Jung.
      Quando volta?
    • José Carlos Lima

      ah tá, gosto muito do trabalho dela, o Bispo do Rosário é um dos artistas que mais admiro,,,,
      devo viajar na próxima 6a. feira e tenho que estar aqui dia 15 de setembro
    • José Carlos Lima

      Mas a consulta de 5a. feira vc pode manter flw, claro que não tenho que ter vc como substituto do Dr. Carlos,,..mas lembro que uma vez, depois do show do Ney ele estava na fila para falar com ele(Ney) e pensei: Se eu soubesse que o Dr. Carlos estaria aqui eu teria combinado com ele para entregar esse meu texto e objetos para o Ney,,,,vc sabe onde estou querendo chegar ne.... Se vc fosse ao show do Ney eu iria lhe entregar alguma coisa para entregar prá ele, ainda não sei o qu é ,,,como vou estar no MA não tenho a menor idéia ......pode ser que brote do processo, lá, alguma fotografia da cidade.....
    • José Carlos Lima

      Também não sei como funcionaria a realidade assim tão longe,,
      pelo menos a possibilidade do encontro servirá de motivo para entrar em estado de arte,,se bem que essa coisa de estado de arte não é automático,,vai que quando chegar no MA eu fique tão adaptado ao aconchego do lar que não entre em processo,,,que não saia do normal...inclusive tenho que ter cuidado com essa coisa de entrar em estado de arte no MA,,vai que o povo pensa que estou pirado e me interna prende alguma coisa deste tipo...arte é coisa de doido,,,as pesssoas sãs não precisam fazer entrar em estado de arte...não produzem objetos de arte,,,,às vezes somente para o mercado enquanto jazida
    • José Carlos Lima

      Fui aleatoriamente a um dos dias do calendário,,,vejo que as coisas que fiz para o Ney quando ele esteve em Brasilia em março deste ano estão todas lá,,,mas nada disso entreguei prá ele poois, como disse, desmachei tudo quando entrei no estado normal...quando cair na real destrui todos os objetos de arte...esta imagem é de um sonho,, quando vi-me no show do Ney,,ele cantando e eu de frente para uma parede com meus objetos a serem entregues para ele,,,havia um túnel...não me lembro,,,fotografei o sonho http://josecarloslima40.blogspot.com.br/2013/03/agora-sei.html
    • José Carlos Lima

      Já são quase 15 horas, vou almoçar,,fui,,,boa tarde dr. Will
    • José Carlos Lima

      tudo ocorre em torno de um livro,,,,
    • Will Goya

      Spin Will, Curador da consciência da arte em Spin José... eu vi esse filme. Nossa clínica-arte está marcada para esta quinta, às 9h00.
      Abraço.