Volte ao SPIN
SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Artigo Recomendado Por IV Avatar do Rio Meia Ponte: Debate: Serra se desespera e
Dilma não leva desafora para casa

Olá jose carlos lima,

A seguinte notícia do site Conversa Afiada - Debate: Serra se desespera e
Dilma não leva desafora para casa
foi enviada para você por IV Avatar do Rio Meia Ponte (josecarloslima70@gmail.com)
Comentário:
N/A
Debate: Serra se desespera e
Dilma não leva desafora para casa

Postado Por redacao Em 13 de setembro de 2010 (9:07) Na Categoria Política


O Conversa Afiada reproduz aqui as observações de sua diretora, Geórgia Pinheiro, sobre o debate na Rede TV, neste domingo à noite.

(Enquanto se desenrolava o debate na Rede TV, este ordinário blogueiro trabalhava no Domingo Espetacular, programa que, semanalmente, contribui para desconstruir a liderança – provisória – da Globo).

Serra foi um desesperado.

Não tem uma idéia na cabeça.

Ele é a banda larga por onde passa o PiG (*).

Serra é só ódio – clique aqui para ler "um pacote vazio cheio de ódio".

Dilma não leva desafora para casa.

Disse e repetiu que essa história de sigilo ( por que o Serra não abre o sigilo da filha ?) e de lobby da Veja (e a Erenice abriu o sigilo dela e o do filho) não alcançam a campanha dela.

Até a Justiça Eleitoral, com a imparcial Dra Cureau, decidiu assim: clique aqui para ver o que a dra Cureau disse.

A Dilma falou várias vezes durante o debate: isso não tem nada a ver comigo.

Serra gaguejou quando foi falar do Lula.

Clique aqui para votar na trepidante enquete "Qual o slogan da campanha do Serra ?" – este ordinário blogueiro votou em "Esse Lula ainda me paga".

E Dilma colocou Serra no devido lugar: não tente me desqualificar.

Serra insistiu: todo mundo me conhece.

Por isso que ele vai perder a eleição no primeiro turno.

(É sempre assim. Os tucanos de São Paulo se acham melhores do que todo mundo, se acham predestinados a governar o Brasil – e o mundo, no caso do Farol de Alexandria. Na verdade, se o Otavinho sabe falar inglês, o Farol e o Serra não sabem.)

Na verdade, foi um debate do tipo 3 em 1.

A Marina (o que pensa a Mar ina ? Nada) e o Plínio trabalharam contra a Dilma.

Foi como a Heloisa Helena e outro traíra, o Cristóvão Buarque, na eleição passada: todos contra o Lula.

A colonista (**) Renata Lo Prete fez o que sempre faz no "Painel" da Folha (***): recebeu o Serra com tapete vermelho.

Fez uma pergunta agressivamente apropriada para dar ao jenio a oportunidade (que ele mais queria) de falar da quebra de sigilo da filha.

(Por falar nisso: a filha do Serra e a irmã do Dantas promoveram a maior quebra de sigilo da História da Civilização Ocidental, demonstrou o Leandro Fortes, na Carta Capital)

A média da audiência do debate da Rede TV deve ter sido muito parecida com a do debate da Band: entre dois e 3 pontos.

O Zé Baixaria, do alto de sua arrogância, sempre ach ou que ia derrotar o Lula e a Dilma no debate, no confronto de idéias, cara a cara.

Afinal, os tucanos de São Paulo são o orgulho da raça.

A última vez em que ele massacrou o Lula num debate foi em 2002.

Destruiu o Lula com o arrasador placar de 39% a 61%.

Paulo Henrique Amorim

(*) Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista.

(**) Não tem nada a ver com cólon. São os colonistas do PiG (*) que combatem na milícia para derrubar o presidente Lula. E assim se comportarão sempre que um presidente no Brasil, no mundo e na Galáxia tiver origem no trabalho e, não, no capital. O Mino Carta costuma dizer que o Brasil é o único lugar do mundo em que jornalista chama patr ão de colega. É esse pessoal aí.

(***) Folha é um jornal que não se deve deixar a avó ler, porque publica palavrões. Além disso, Folha é aquele jornal que entrevista Daniel Dantas DEPOIS de condenado e pergunta o que ele achou da investigação; da "ditabranda"; da ficha falsa da Dilma; que veste FHC com o manto de "bom caráter", porque, depois de 18 anos, reconheceu um filho; que avacalha o Presidente Lula por causa de um  comercial de TV; que publica artigo sórdido de ex-militante do PT; e que é o que é,  porque o dono é o que é; nos anos militares, a Folha emprestava carros de reportagem aos torturadores.

Nenhum comentário: