Volte ao SPIN
SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74

domingo, 10 de outubro de 2010

Extrema-direita americana na campanha do Serra

Claro que os falcões americanos estão na campanha do Serra assim como estiveram em Honduras para derrubar Zelaya. Alguma dúvida? TFP,Opus dei e o que a pior do reacionarismo, todos engajados para derrubar Lula/Dilma

Está pior do que o golpe de Honduras e isto é fácil de entender, lá em Honduras descobriram jazidas de petróleo e, aqui, o pré-sal, um mar de onde jorra grana, muita grana,  claro que esta gente da Ku Klux Klan não iria  ficar parada

O  marqueteiro do Serra se mudou para os estúdios do Jornal Nacional para selecionar os piores momento de Dilma e os melhores do Serra.

O JN só coloca Dilma se defendendo, sendo questinonada sobre temas que não são consenso na sociedade, o aborto por exemplo, de forma a dividir seu eleitorado, enquanto o Serra só é mostrado falando dele mesmo e seu "Governo de União Nacional"

Leiam isso do Rodrigo Vianna:

Ficha falsa: da "Folha" ao poste na periferia


A ficha falsa da Dilma – publicada pela "Folha" na primeira página – chegou à periferia de São Paulo.
Uma leitora enviou-me as fotos que ela mesmo fez - com a ficha pregada nos pontos de ônibus da zona leste.
Anotem aí: essa é a próxima onda preparada pela campanha de Serra: a Dilma "guerrilheira". A mídia ("Folha", "Veja" e "Globo") ajuda, mas o que vale mesmo é o corpo a corpo – na internet, na boataria que ganha as ruas.
Quando o PT começa a responder um boato, aparece outro. Sempre na defensiva, corre risco real de perder.
A campanha de Dilma demorou a perceber que o perigo – no primeiro turno – não vinha (só) da grande mídia. Mas da boataria conservadora, disseminada pelas igrejas.
A bala de prata não era uma só. Eram várias. E seguem fazendo efeito.
Se, em vez de consultar só pesquisas qualitativas e marqueteiros, a campanha do PT prestase atenção ao que está nos blogs, aqui na internet, teria reagido antes. Escrevi durante 3 semanas sobre a boataria religiosa. Dilma só reagiu a 3 dias da eleição.
Agora, apresentamos aqui as fichas nos postes da periferia. É terrorismo completo.
Quando a "Folha" fez  o que fez (e isso depois de ter chamado ditadura de "ditabranda"), a Dilma reagiu – mas de forma moderada. Tinha que ter procesado o jornal e se recusado a receber a "Folha" em qualquer outro evento. Não o fez.
Não se brinca com a direita.
Há uma campanha  muito bem montada para entregar o Brasil à direita. Campanha com um pé no Vaticano e outro nos EUA. A ela aderiu Serra – o sujeito que militou na esquerda na juventude.
A biografia de Serra pode-se resumir assim: da AP à TFP.
Mas a Dilma quer fazer campanha boazinha na TV. Devia é mostrar que a direita paulista – que domina a campanha de Serra – não gosta de nordestino. Tinha que mostrar isso na TV. E espalhar pela internet. Até porque é a pura verdade.
Do outro lado, está a maior máquina conservadora desde o golpe de 64.
Se Serra ganhar, com essa coalizão que está ao lado dele, teremos terra arrasada e um clima de conflagração no Brasil.
http://www.rodrigovianna.com.br/plenos-poderes/ficha-falsa-da-folha-ao-poste.html#comment-23316

Nenhum comentário: